Fazer

Diretora-Técnica regional de natação artística
AUTORCristina Oliveira
Eu fui (sou) uma atleta competitiva! Sim a maior parte da minha vida!
Posso dizer que adoro a emoção das grandes vitórias!
As pequenas vitórias ao longo da minha vida são muito importantes, no passado de desportista, no caminhar para ter saúde, ao conseguir resolver um problema, quando faço tudo o que tinha planeado para o dia, ganhar um obrigado ou um sorriso de alguém!
Sim... para mim... os resultados são importantes.
Talvez isto aconteça porque passei muitos anos da minha vida a ver o fundo da piscina!
Quero dizer com isto que nos desafios eu penso sempre em primeiro lugar em fazer!
No entanto, o que eu aprendi na busca da excelência da vida é que funciona melhor se os resultados não ocuparem muito o meu foco e energia, antes que eles ocorram ou depois de terem passado.
Quando se está a tentar alcançar grandes coisas na vida, é provável que, como eu, seja encorajado pelos pequenos resultados positivos ao longo do caminho, mas o risco de se deixar fora do caminho aumenta quando fica desencorajado pelos resultados negativos ou ficar complacente devido a resultados positivos ao longo do caminho para alcançar os objetivos de longo prazo.
Os seres humanos ficam naturalmente tensos quando pensam em falhas e, ao tentar evitá-los a todo custo, podem perder o foco no processo sempre importante que é mais provável que ofereça o resultado desejado.
O truque não é evitar o fracasso, mas abraçá-lo... vá com os braços abertos... enquanto estiver a fazer tudo para ter sucesso!
De certeza que já disse ou ouviu dizer "Vou tentar na próxima". ou "Ok vou tentar isso" ou "Tenta".
Há uma palavra muito melhor que podemos usar que é "FAZER".
Mude a maneira como aborda o desafio.

A palavra "tentar" oferece uma desculpa para não realizar o que queria.

Elimine a palavra tentativa da prática.

Tentar não é solidário com sucesso!
Isso faz com que não faça isso. Às vezes pode substituir a palavra, ao falar, tentar com o fazer.
"Vamos fazer outra parte"."Repetir e fazer mais uma vez".
Decida se vai fazer isso ou não.
Nós não entramos simplesmente nos maiores feitos.
Nós nos comprometemos e depois fazemos acontecer.
Coloque 100% do trabalho no seu resultado.
Eu prefiro deixar de colocar todo o meu esforço do que simplesmente tentar.
"Falhe a 100%", que é estar preparado para aceitar falhas, desde que tenha feito TUDO o que poderia ter sucesso.
Aceite o fracasso!
Como aceitar o fracasso quando todos à sua volta estão exigindo sucesso a todo custo?
Eu acredito que é aí que está a verdadeira tenacidade mental e ocorre porque muitas vezes porque o que é mais desafiador do que manter uma posição diante de um intenso escrutínio para mudar, recuar e se inclinar para a vontade de outros poderosos?
A resposta para a questão é ser um líder de pensamento em torno do conceito de aceitar o fracasso, assumir uma posição para o que conhece, acreditar, ter a convicção no seu propósito e entregá-lo com 100% de integridade.
Tente outra vez, lute e consiga!
A palavra-chave aqui é "convicção" e "integridade".
Se já sabe quais são os seus propósitos de vida é altamente provável que retornem em resultado no furturo! Fique convicto do que quer mesmo!
Fique, esteja preparado para permitir que o seu ego receba um golpe, trabalhe duro para educar aqueles ao seu redor sobre o que é realmente necessário para criar um sucesso sustentado... e aproveite a última palavra quando aqueles que renunciaram no início da sua iniciativa e o vêem superar os seus rivais com o passar do tempo.
Isso é fácil de fazer? Não, não é.
É por isso que estou aqui a falar sobre a dureza mental e a prática da excelência, isto é, no FAZER!
Deve estar preparado para colocar o sucesso à frente do seu ego e a pressão dos outros.
Muitos não acreditam... mas se lhe perguntarem porque teve sucesso responda devido à INTEGRIDADE!
Sim INTEGRIDADE que é a ação que o leva a cumprir os seus compromissos!
Encontre uma maneira de FAZER cada vez mais e melhor e os resultados aparecem!

image