Douro Marina

ANNP celebra centenário e relança provas no rio Douro 41 anos depois

A Associação de Natação do Norte de Portugal (ANNP) celebra o seu centenário em 2020 e vai relançar, 41 anos depois, as provas de natação no rio Douro, entre as margens do Porto e Vila Nova de Gaia.

Foi no ano de 1916, por iniciativa do Clube Fluvial Portuense, que se realizou a primeira competição no Douro: Travessia do Porto a Nado, a mais emblemática das provas que atingiu a maior longevidade, cuja última edição data de 1979.

Aproveitando as comemorações do centenário, a associação nortenha, a mais antiga instituição desportiva de Natação em Portugal, vai organizar a prova a 5 de julho de 2020 na zona ribeirinha, com partida e chegada na Douro Marina, tendo apresentando a candidatura à Federação Portuguesa de Natação para integrar a mesma no circuito nacional de águas abertas de 2019/2020.

O programa de comemorações, entre 28 de setembro deste ano e 10 de outubro de 2020, é composto por um vasto leque de eventos.

Além da prova de águas abertas, do calendário de atividades destaca-se o ciclo de conferências (entre novembro de 2019 e janeiro de 2020), em que serão debatidos os temas “Treinadores à Moda Antiga”, “o Ressurgimento do Polo Aquático” e “As provas de Natação no Rio Douro”, a terem lugar na Casa do Desporto (Porto), o “Jogo do Século” de polo aquático (15 de dezembro de 2019, Matosinhos), que pretende recriar o CDUP-Fluvial Portuense com jogadores que participaram no primeiro campeonato nacional de 1985, a “Exibição do Século” de natação artística (23 de maio de 2020, Felgueiras), com dueto que participou no primeiro campeonato nacional de 1993, o “Super Sprint do Século” de natação (6 de junho de 2020, Porto), com as principais figuras portuguesas que participaram nas 35 edições do Meeting Internacional do Porto, e uma gala de encerramento das comemorações, a ter lugar no Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões a 10 de outubro de 2020. A escolha deste local tem por base a realização da primeira prova oficial de natação no Norte do País, em 1907: Taça Leixões.

Ainda nesta cerimónia, em que serão atribuídos os troféus do século, a ANNP vai lançar um livro que retrata a história dos seus 100 anos de vida.

A Comissão Organizadora do Centenário é liderada por José Manuel Dias da Fonseca, atual presidente da Casa da Arquitetura - Centro Português de Arquitetura.

A Associação de Natação do Norte de Portugal foi fundada em 1920 como Delegação do Porto da Liga Portuguesa dos Clubes de Natação.

Ao longo da sua história foi sofrendo alterações à sua denominação: em 1925 passou a designar-se Liga Portuguesa dos Amadores de Natação; em 1930 surgiu como Associação Portuense de Natação; em 1949 passou a designar-se Associação de Natação do Porto.

Face ao aparecimento de um vasto número de clubes na Zona Norte do País, em 1996 foi decidido mudar para a denominação atual: Associação de Natação do Norte de Portugal.

A ANNP, que tutela as competições regionais de natação pura, polo aquático, natação artística, natação adaptada, águas abertas e masters, é uma Instituição de Utilidade Pública sem fins lucrativos desde 2003 e foi distinguida em 1984 com a Medalha de Bons Serviços Desportivos, atribuída pelo Ministério da Qualidade de Vida.

Com sede no Porto – área territorial abrange os Distritos do Porto, Braga e Aveiro –, a ANNP tem atualmente filiados cerca de 30 clubes, 2500 atletas, 150 treinadores e 300 árbitros.

Créditos da foto: Douro Marina